6 passagens na Classe Executiva por 161 mil milhas Smiles

Praga-rio




Faço esse post para ajudar os leitores que não possuem o hábito de viajar para o exterior com milhas e, por isso, acabam não aproveitando tudo o que o Smiles da GOL tem a oferecer.

Pra quem não sabe, no Smiles você pode emitir o bilhete da ida separado do bilhete da volta. E cada bilhete para um outro continente pode ser separado em 2 destinos na mesma emissão (no mesmo continente e com a mesma cia aérea). A emissão deve ser feita pelo call-center. E isso pode ser feito em qualquer classe: primeira, executiva ou econômica.

Inicialmente, ainda estava na dúvida para quais lugares queria viajar. Mas tinha um destino como certo: o Japão. Então, sabendo do benefício do stop-over (um bilhete com 2 destinos), comecei procurando Rio-Tokyo e depois escolheria outro destino na Ásia. Todas as passagens que encontrei eram com a Air France por 75 mil milhas na EXECUTIVA (só a ida).

Depois comecei a procurar passagens de Tokyo para Singapura ou Singapura-Tokyo, mas só havia passagens com a Delta Airlines. Ou seja, não poderia fazer desse jeito, já que uma das regras para fazer stop-over é emitir os 2 bilhetes com a mesma cia aérea.

Então pensei: bom, a Delta é americana. Então, vou procurar bilhetes saindo do EUA. Bingo! Como queria visitar uns amigos na California, achei um bilhete de Los Angeles- Tokyo por 45 mil milhas na executiva. Dividi a emissão do bilhete com LA-Tokyo e Tokyo-Singapura por 45 mil milhas na executiva.

note que o bilhete mostra LA-Singapura porque é o destino final. Tokyo é o stop-over.

note que o bilhete mostra LA-Singapura porque é o destino final. Tokyo é o stop-over.

Agora faltava a volta da Ásia e a ida para o EUA. Primeiro vou comentar a volta da Ásia: como teria 30 dias para viajar (férias do trabalho), poderia aproveitar para conhecer ou retornar a outros países. Da Ásia para a Europa fica muito mais fácil emitir dois destinos, já que a Smiles tem parceria com a Air France e KLM, que fazem voos por toda a Europa.

Essa etapa me deu muito menos trabalho do que procurar voos para Ásia. Dividi o bilhete entre Singapura- Paris e entre Paris-Budapeste (Singapura-Budapeste, fazendo stop-over em Paris) por 45 mil milhas na executiva. Veja bem, se fosse emitir uma passagem para Tokyo saindo do Brasil, custaria 150 mil milhas na executiva. Por enquanto, já tinha 4 passagens na executiva com 90 mil milhas.

singapura-buda

singapura-buda

Voltando para o Rio de janeiro: pensei em dividir o bilhete em 2 destinos na América do Sul – Chile e Brasil. Porém, é impossível fazê-lo, pois precisa ser com a mesma cia aérea. Você só encontra passagens para a América do Sul , saindo da Europa com a Air France/KLM. Já, dentro do Continente Sul-Americano, só encontra-se passagens com a Aerolíneas Argentinas. Então, na volta fiz a emissão Praga-Rio de Janeiro por 52.500 também na executiva. Total gasto por enquanto: 142.500 milhas.

Praga-rio

Enfim, agora precisava do voo para o EUA. Como tenho diversos programas de fidelidade, procurei passagens para Los Angeles no LifeMIles da Avianca. Mas os preços para LA estavam caros demais. Então procurei para NY, saindo de São Paulo – lugar que costuma ter os melhores preços. Achei uma passagem na classe executiva por 35 mil milhas.

SP-NY

SP-NY

Agora faltava NY-Los Angeles para completar essa pequena volta ao mundo. Voltei para o Smiles e achei um bilhete também na executiva por 18.500 milhas entre NY-LA. Como o voo é doméstico não poderia dividí-lo em dois destinos. Resultado: 6 passagens na classe executiva emitidas pelo Smiles por 161 mil milhas e uma passagem na executiva pelo LifeMiles por 35 mil milhas.

Sei que em nenhuma das fotos aparece “classe executiva”, mas farei uma página aqui no site com fotos e comentários só para os voos de executiva. Poderão conferir quais aviões valem mais a pena voar na executiva e quais cias aéreas também.

Agora as dicas: emitir passagem com milhas e, ainda, fazendo stop-over é preciso ter muita paciência. Talvez perca um ou dois dias  fazendo isso. Se for emitir para 2 pessoas a dificuldade aumenta ainda mais. Outra coisa fundamental é a flexibilidade de datas. Se precisar viajar naquela data específica, esqueça. E, por fim, esses valores da classe executiva da Smiles irão quase que dobrar de preço. Veja a nova tabela que irá valer a partir de 31/07/14. Portanto, se tem milhas na Smiles e gosta de viajar na executiva, corra!

Qualquer dúvida deixe sua pergunta ou comentário.

ATUALIZAÇÃO: ATUALMENTE O SMILES NÃO PERMITE MAIS A EMISSÃO DE BILHETES COM STOPOVER.

(Visitas 1.145 , 1 visitas hoje)

1 Comment on 6 passagens na Classe Executiva por 161 mil milhas Smiles

  1. Gostei da dica! Vou emitir meus bilhetes antes que a tabela mude.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.